PRPGP

PRPGP

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Universidade Estadual da paraíba aprova R$ 2,6 milhões em edital da FINEP para suporte de atividades de pesquisa

2 de agosto de 2022

2 de agosto de 2022

Depois de oito anos, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) volta a aprovar um projeto junto à Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), e retorna ao patamar das grandes universidades do país. O subprojeto “CM-QUIMBIO – Ampliação e Modernização do Centro Multiusuário de Análise e Caracterização Químico-Biológica (CM-ACQuimBio)” foi aprovado e receberá o aporte financeiro no valor de R$ 2.627.615,10. O resultado final da Chamada Pública, uma das mais tradicionais e importantes da FINEP/MCTI no fomento à ciência, tecnologia e inovação, foi divulgado na sexta-feira (29).

A proposta foi apresentada pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP) e teve a participação dos professores Douglas Zeppelini e Elquio Eleamen, do Câmpus V; o professor Ricardo Olímpio, do curso de Farmácia e professor do curso de Química; além de Rodrigo de Oliveira, ambos do Câmpus I. Os recursos aprovados nesse edital permitirão a aquisição de três novos equipamentos para a UEPB, sendo eles, o Sistema de Espectrometria de Infravermelho por transformada de Fourier (FT-IR) com análise de Reflectância Total Atenuada (ATR), e sistema de microscopia automática acoplada; Espectrômetro de emissão com plasma induzido por laser (laser-induced breakdown spectroscopy – LIBS) e Reômetro universal.

Os dois primeiros não existem em nenhuma instituição de tecnologia em toda região Nordeste, e conforme enfatizou o professor Francisco Jaime, “ela contribuirá com a pesquisa não só da UEPB, como de várias outras Instituições do Estado, do Nordeste e do país, além de permitir a maior interação da UEPB com outras universidades e pesquisadores que irão nos procurar para o estabelecimento de parcerias”, disse o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa, acrescentando que esse resultado colocará a UEPB no rol das principais universidades do país, os recursos aprovados contribuirão imensamente com a consolidação da pesquisa, e com a consolidação de diversos Programas de Pós-graduação da Instituição.

O professor Francisco Jaime ressaltou também a importância dessa aprovação no que tange seu alinhamento aos vários objetivos e ações previstas no recém-aprovado Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UEPB, e no plano do Governo do Estado da Paraíba. No que se refere ao PDI, ele destaca a captação de recursos extraorçamentários para ampliação das atividades de ensino, pesquisa e extensão; o papel institucional e políticas de fortalecimento da pesquisa, pós-graduação e inovação; a promoção da melhoria da qualidade do ensino médio e tecnológico, graduação, graduação à distância e pós-graduação; além do estímulo às iniciativas de criação de novos grupos de pesquisa e de melhoria dos já existentes; e o fortalecimento de interações entre a universidade e os setores produtivos.

Texto: Severino Lopes