PRPGP

PRPGP

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

UEPB é contemplada com oito projetos de áreas diversas aprovados em edital universal da FAPESQ

18 de outubro de 2021
UEPB é contemplada com oito projetos de áreas diversas aprovados em edital universal da FAPESQ

18 de outubro de 2021

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) é destaque em edital universal da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq), que é vinculada à Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (Seect) do Governo do Estado da Paraíba. A Instituição foi contemplada com oito projetos aprovados nas áreas de Tecnologia Ambiental, Matemática, Ciências Agrárias, Geoprocessamento, Ecologia, Etnobiologia, Relações Internacionais e Odontologia.

O edital, destinado a pesquisadores vinculados aos Programas de Pós-Graduação stricto sensu acadêmico ou profissionais das Instituições de Ensino Superior do Estado da Paraíba, selecionou projetos de pesquisa que buscassem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação da Paraíba. As propostas selecionadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 4 milhões.

Uma das pesquisas selecionadas, intitulada “O uso de praias adjacentes de um estuário urbano pelo ictioplâncton: influência da exposição das ondas e da pluma estuarina para manutenção da conectividade estuarino-costeira”, é desenvolvida pelo professor André Luiz Pessanha, que é vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação e ao Programa Ecológico de Longa Duração (PELD) Rio Paraíba Integrado.

O estudo, realizado nas praias adjacentes ao estuário do Rio Paraíba do Norte (PB), pode auxiliar na identificação e no gerenciamento das populações de peixes que utilizam o local como berçário, gerando subsídios que possam contribuir para a conservação e manejo desses habitats para futuras populações de juvenis das espécies de peixes, com destaque para as de importância comercial para a pesca, e que utilizam esses ecossistemas.

Já o estudo “Padrões de uso, comércio e conflitos relativos à fauna silvestre no Brasil, com ênfase no estado Paraíba”, desenvolvido no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Etnobiologia e Conservação da Natureza, sob a coordenação do professor Rômulo Romeu Alves, objetiva caracterizar os padrões de interação entre as pessoas e vertebrados silvestres no Brasil. As pesquisas abordam temas como caça, pesca e comércio de animais silvestres e a perspectiva é que, a partir destes estudos, seja organizado o primeiro catálogo etnozoológico do Estado da Paraíba, indicando a riqueza de espécies silvestres exploradas pelas pessoas no Estado, os respectivos usos e analisando as implicações conservacionistas.

“Essas informações são fundamentais uma vez que, identificar o modo como os produtos animais são utilizados pelas populações humanas, é extremamente relevante para a definição de estratégias conservacionistas direcionadas à fauna e para a manutenção das pessoas que dependem desses recursos. As informações a serem obtidas podem ser aplicadas em planos de conservação e manejo da fauna e esperamos apontar espécies de importância econômica e ecológica visando seu uso sustentado. Esses dados serão úteis em políticas públicas e no desenvolvimento de ações conservacionistas”, explica o professor Rômulo.

Também foram aprovados neste edital os projetos: “Acoplamento dinâmico no sistema troposfera, estratosfera e mesosfera: implicações para o clima”, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental e coordenado pelo professor Lourivaldo Mota Lima; “Tópicos qualitativos e quantitativos em Análise Funcional e Equações Diferenciais”, vinculado ao Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), tendo o professor Gustavo da Silva Araújo como coordenador; “Silício, matéria orgânica e perdas por evaporação em solo com maracujazeiro amarelo no sertão paraibano”, desenvolvido no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias e coordenado pelo pesquisador Evandro Franklin de Mesquita.

E ainda “Ciência de dados e geoprocessamento aplicados ao desenvolvimento regional do estado da Paraíba”, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e tendo como responsável o professor Tiago Almeida de Oliveira; “A Política Externa Brasileira e a Reforma do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas”, desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais e coordenado pelo professor Carlos Enrique Ruiz Ferreira e “Funcionamento familiar ansiedade insegurança alimentar e alfabetismo em saúde bucal associados à cárie dentária e à ida ao dentista em escolares”, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Odontologia sob a coordenação da pesquisadora Ana Flávia Granville-Garcia.

O resultado final deste edital após recursos será divulgado até o dia 28 de outubro e as propostas serão contratadas a partir do dia 1º de novembro. O prazo de execução de cada proposta contratada é de até 36 meses, contados a partir da data de publicação do extrato do Termo de Outorga no Diário Oficial do Estado de Paraíba, podendo ser prorrogada. Os recursos oriundos deste edital poderão fortalecer as ações de pesquisa da UEPB, possibilitando, por exemplo, o financiamento de projetos de estudantes (graduação e pós-graduação), a realização de atividades de campo, aquisição de materiais, serviços gráficos, dentre outras ações.

Acesse o resultado aqui.

Texto: Juliana Marques