PROINFRA

PROINFRA

Pró-reitoria de Infra estrutura

Pró-Reitoria de Infraestrutura inicia trabalho de restauração de móveis antigos da UEPB

2 de setembro de 2021
Pró-Reitoria de Infraestrutura inicia trabalho de restauração de móveis antigos da UEPB

2 de setembro de 2021

Recuperar móveis antigos e preservar aspectos históricos e a memória da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). É com esse propósito que a Pró-Reitoria de Infraestrutura (PROINFRA) iniciou um trabalho de busca por relíquias e móveis antigos existentes na Instituição para dar início a um projeto de restauração de bens. E essa busca começou nos próprios setores da Universidade, uma vez que devida a ação do tempo, muitos móveis, principalmente, cadeiras e mesas, foram danificados.

Mesmo assim, alguns mobiliários têm sido recuperados para que sejam recolocados, em especial no prédio da Reitoria, pró-reitorias e também na Biblioteca Central e museus. A busca por móveis antigos não se restringiu apenas no depósito da PROINFRA. A pró-reitora Alessandra Teixeira, identificou várias relíquias em outros setores e determinou a equipe da Pró-Reitoria para iniciar o processo de recuperação. No Centro Artístico Cultural (CAC), por exemplo, existem vários móveis antigos que serão restaurados.

Sabendo do valor histórico desses móveis, a professora Alessandra Teixeira está solicitando a todos os diretores de Centro, chefes de Departamento, ou responsáveis por setores na UEPB, que identifiquem os objetos antigos e comunique a PROINFRA, para que seja iniciado o trabalho de restauração. Ela observou que ainda existem móveis antigos que remetem à Universidade Regional do Nordeste (URNe), e, portanto, fazem parte da história da instituição.

“Muitos desses móveis são rústicos e construídos com madeiras de qualidade que não existem mais disponíveis no mercado. A pretensão da Pró-Reitora, no entanto, é realizar esse mesmo trabalho em todos os oito câmpus da UEPB. A ideia é que os responsáveis identifiquem essas relíquias, as fotografe e envie o material para a PROINFRA”, destacou a pró-reitora.

Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação/PROINFRA