PROEAD

PROEAD

Pró-Reitoria de Ensino Médio, Técnico e Educação a Distância

Especialização em Gestão Pública realiza seminário on-line sobre o panorama das pesquisas do IBGE

23 de agosto de 2021
Especialização em Gestão Pública realiza seminário on-line sobre o panorama das pesquisas do IBGE

23 de agosto de 2021

O curso de Especialização em Gestão Pública Municipal da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), ofertado através da Pró-Reitoria de Ensino Médio, Técnico e Educação a Distância (PROEAD) na modalidade a distância, realiza nas próximas quinta (26) e sexta-feira (27), o seminário on-line “Panorama das Pesquisas do IBGE e a disseminação no portal na internet”. O evento será realizado das 19h às 22h, com transmissão pelo canal Rede UEPB no YouTube.

O seminário faz parte das atividades da disciplina da Indicadores Socioeconômicos na Gestão Pública, ministrada pela professora Karla Roberta Castro Pinheiro Alves. Embora o evento seja ligado à Especialização, não é exclusivo para alunos do curso. Não é necessário fazer inscrição previamente e podem participar acadêmicos de outros cursos, professores e profissionais que pretendem uma maior familiaridade com a plataforma do IBGE, principal produtor de dados estatísticos e indicadores no Brasil.

As palestras serão realizadas por quatro profissionais do IBGE: Aline Nascimento Silva (Agente Censitária), Eurico Barreto Sprakel (Analista de Planejamento de Informações Geográficas e Estatísticas), Jorge Souza Alves (Analista Socioeconômico) e Maria Clara Rezende Costa (Jornalista Censitária).

Na programação do primeiro dia será apresentado um panorama das principais pesquisas e publicações estatísticas do IBGE, o portal do instituto e o banco de dados Cidades@, que reúne informações municipais, estaduais e nacionais. No segundo e último dia do evento, os palestrantes apresentarão o portal SIDRA, um banco de dados de diversas áreas econômicas e sociais. Também abordarão a disseminação de informações baseadas em micro dados e por setor censitário, além de uma divulgação das redes sociais do IBGE.

Texto: Leonardo Alves