PROCULT

PROCULT

Pró-Reitoria de Cultura

“Um convite à utopia”: segundo volume de coleção organizada por docente da UEPB será lançado dia 14, no MAPP

8 de agosto de 2019

O segundo volume da coleção “Um convite à utopia”, organizada pelo professor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Cidoval Morais, será lançado nas versões e-book e impressa, no próximo dia 14 de agosto, às 19h, no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP). Com subtítulo “Tecnotopias, Justiça Social e Felicidade”, a obra está inserida no contexto das comemorações dos 500 anos do lançamento do livro “A Utopia” (1516), do britânico Thomas Morus.

Publicado pela Editora Universitária (EDUEPB), o livro é o segundo volume de uma coleção com 10 obras que integram em um projeto editorial de natureza pública e coletiva, capitaneado pela EDUEPB, com apoio da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU) e uma série de instituições acadêmicas, científicas e culturais nacionais e estrangeiras. O primeiro livro da coleção já está disponível na plataforma SciELO Books.

Este segundo volume traz 12 artigos escritos por pesquisadores do Nordeste, do Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Ao ter acesso à obra, o leitor poderá conferir os artigos “O Desterro da Utopia”, escrito pelo professor Cidoval Morais; “Impulsos Utópicos”, de autoria do professor Carlos Brandão; “Economia e Felicidade”, produzido pela economista Maria da Conceição Tavares; “Utopia da felicidade ou armadilha felicista?”, de Cynthia Morgana e Luciano Félix; “Utopias e distopias: reflexões itinerantes”, do pesquisador Leonardo de Araújo e Mota; e “O tempo, os lugares e outras impropriedades”, da pesquisadora Isabel Cristina dos Santos.

Fazem parte do livro, ainda, os artigos “O Sertão como Utopia”, de autoria do professor Luciano Albino; “Tecnotopia: os princípios da produção e difusão tecnológica”, de Geovane Ferreira Gomes; “Ciência e Cultura: a Utopia de uma Ciência do Brasil” de Maysa Leal de Oliveira; “A Utopia do Planejamento e o alcance da Justiça Social”, de Rainer Randolph; “Pensar desde la vida para dislocar el desarrollo insustentable, através del sumak kawsay”, de María Luisa Eschenhagen e Juan Felipe Guevara Aristizabal; e “Utopia e Esperança Cristã”, de J. B. Libanio S.J. (in memoriam).

O professor Cidoval Morais explica que, mesmo tendo a versão impressa, o livro foi pensado para ser divulgado nas plataformas digitais, sem fins lucrativos. A coleção “Um convite à utopia” é um projeto editorial coletivo, que busca resgatar obras e textos que marcaram a construção da utopia como um projeto de esperança, em contraposição a um mundo perverso e desigual, bem como estimular a atualização da utopia, a partir de construções novas, desafiadoras, provocadoras, instigadoras, críticas e, sobretudo, articuladas com o sentido que se pretende dar ao termo numa versão contemporânea: rede de esperanças.

Trata-se de um projeto aberto que enseja captar desejos, sonhos, construções coletivas, alternativas de mundo novo, vontades e saberes de mudanças que contribuam para eliminar, de vez, as sombras que têm ameaçado o amanhecer, particularmente na América Latina. A ideia é que cada autor ou coletivo de autores, a partir de seu lugar de vida/mundo, produza um ensaio instigante, recuperando a necessidade de despertar do sono profundo em que se encontra o espírito utópico. Na versão on-line, o livro poderá ser acessado após o lançamento, através do endereço eletrônico http://www.uepb.edu.br/ebooks/.

Texto: Severino Lopes