PROCULT

PROCULT

Pró-Reitoria de Cultura

Eventos

Primavera no Campus


O Primavera no Campus é realizado pela PROCULT com o intuito de criar na Universidade Estadual da Paraíba um grande festival artístico. O evento acontece todos os anos, percorrendo todos os campi da UEPB.
O objetivo principal do Primavera no Campus é integrar, em três dias de atividades culturais, a comunidade acadêmica e também a população em geral, permitindo uma maior socialização entre aqueles que fazem a UEPB e a comunidade externa a ela. Dança, sessões de cinema, mostra fotográfica, teatro, artes plásticas, concurso de poesia, dentre outras práticas culturais, compõem a programação do evento.

Semana dos Museus


Anualmente, a PROCULT da Universidade Estadual da Paraíba participa da Semana de Museus, que é promovida em nível nacional, com vistas a comemorar o Dia Internacional dos Museus – efeméride celebrada no dia 18 de maio. A programação contempla palestras, mesas-redondas, exposições, sarau e também conta com o “Integração com Arte” – atividade onde o público interage e participa da produção artística, tendo como sede o Terminal de Integração de Passageiros, localizado no Centro de Campina Grande.
O objetivo do evento é mobilizar os museus brasileiros de forma a concentrarem suas programações em um mesmo tema, estimulando o interesse do público. A Semana é proposta pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Semana do Riso


A Semana do Riso, que é efetuada anualmente, tem como pressuposto oferecer ao público, através do humor, um pouco da produção artística voltada para esse gênero e valorizar os talentos locais. O evento é aberto a todos que apreciam uma boa gargalhada unida às artes cênicas.
A Semana abrange uma grande variedade de espetáculos sempre tendo o bom humor como tônica principal, proporcionando aos artistas e ao público seja a reflexão, seja o entretenimento, seja ambos, mas sempre dirigido à inteligência pura, com seu efeito variando de uma pessoa para outra, tanto quanto pode ser variada a inteligência de cada indivíduo.

Festival Comunicurtas: o Festival Audiovisual da Rainha da Borborema


Realizado desde 2006, através da Universidade Estadual da Paraíba, o Comunicurtas tem como prioridade oferecer aos profissionais envolvidos nas práticas audiovisuais (principalmente cinema), publicidade e telejornalismo, a abertura necessária para a divulgação de sua criatividade. Com uma vasta programação que inclui mostras competitivas, exposições, mesas-redondas, debates e oficinas, o Festival tem entrada franca.

O Comunicurtas nasceu no curso de Comunicação Social da UEPB e hoje congrega não só obras de cineastas paraibanos, mas de todo o País. A Universidade Estadual da Paraíba aposta nessa ideia desde o início, porque entende o quão importante é fomentar a arte e a cultura, especialmente no que diz respeito a estimular à plateia a formação de uma opinião crítica – por meio da reflexão provocada pela linguagem audiovisual – e incentivar o papel dos novos talentos como agentes multiplicadores de cultura na sociedade.

Semana do Teatro


Efetivada todos os anos, a Semana do Teatro tem como intento celebrar o Dia Internacional do Teatro, comemorado em 27 de março. A Semana é realizada habitualmente em parceria com entidades que apoiam a iniciativa e o fazer criativo local.
O evento, que tem entrada gratuita, é uma das formas que a Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Estadual da Paraíba encontrou para divulgar e referendar a cultura paraibana e a produção teatral do Estado, que se configura como uma das mais importantes cenas teatrais do Nordeste. A Semana fortalece o movimento artístico e traz uma vasta programação, contendo os mais variados espetáculos de companhias locais, que percorrem talentosamente os mais distintos temas em suas apresentações.

Festival Internacional de Música de Campina Grande


Realizado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e pela Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB), o Festival Internacional de Música de Campina Grande ocorre anualmente, mais especificamente no mês de julho. O Festival, que tem como cerne a música clássica, prioriza o intercâmbio entre alunos, professores e artistas do Brasil e do mundo.

Um dos pontos mais altos do Festival Internacional de Música de Campina Grande é, sem dúvida, a contrapartida social, posto que todos os concertos são gratuitos e ocorrem em locais acessíveis ao grande público. Além disso, há a oferta de cursos profissionalizantes e de atividades didático-pedagógicas para crianças da rede pública de ensino, bem como cursos direcionados aos professores, em virtude da lei 11.796/2008, que trata da obrigatoriedade do ensino da música na educação básica. O evento é sediado em vários pontos de Campina, a exemplo do Teatro Municipal e Mosteiro das Clarissas, e tem o intuito de percorrer outras localidades da Paraíba, já tendo sido estendido a cidade de Patos.