PROCULT

PROCULT

Pró-Reitoria de Cultura

Centro de Humanidades da Universidade Estadual sedia 1º Jornada de Estudos do Texto Dramático

6 de abril de 2018

 

Tratou-se de uma iniciativa do Departamento de Letras do CH, por intermédio do professor Eduardo Valones, e do grupo de pesquisa “Estudos do Texto Dramático”, coordenado pelo citado docente. Com uma programação composta por mesa redonda, conferência, apresentação de grupo de estudos e sarau poético, o evento teve início no turno da manhã, se estendendo pelos períodos tarde e noite.

A abertura da primeira edição da jornada se deu com a realização da mesa redonda “Shakespeare intermidiático: um olhar sobre duas tempestades”, conduzida pelos professores Caio Antônio e Auricélio Soares Fernandes, ambos do Curso de Letras do CH. Durante suas explanações, os docentes traçaram uma discussão sobre a peça “A tempestade”, de William Shakespeare, e as adaptações cinematográficas que foram construídas a partir da obra.

O professor Caio Antônio fez uma avaliação das adaptações contemporâneas dos textos dramáticos de Shakespeare, ressaltando a importância dos processos intermidiáticos. Por sua vez, Aurélio Soares considerou positiva a releitura de contos promovida por produções fílmicas. No tocante às obras do dramaturgo inglês, disse que “a ascensão de recursos midiáticos permite uma releitura criativa das obras de Shakespeare e desperta nas pessoas o interesse em conhecer e ler as produções originais do autor”.

As atividades prosseguiram no turno da tarde, com a realização da segunda mesa redonda, “Arte dramática e cinema: convergências metaficcionais”. O debate contou com uma abordagem interdisciplinar, tendo como palestrantes os professores Rosângela Neres e Carlos Adriano Ferreira de Lima, lotados, respectivamente, nos Departamentos de Letras e História do Centro de Humanidades.

A programação foi concluída com a conferência do professor Assis Souza de Moura, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A explanação do docente versou sobre o tema “Educomunicar com Literatura: do poema à atividade Dramática na sala de aula”. Para o professor Eduardo Valones, a 1º Jornada de Estudos do Texto Dramático cumpriu o papel de proporcionar uma interação entre estudantes e pesquisadores do Curso de Letras e de outras áreas, que têm como interesse o estudo sobre textos literários e teatrais. Ele também ressaltou a significância do grupo “Estudos do Texto Dramático”, que foi criado em 2015, tendo desenvolvido, nesse período, três projetos de pesquisa com o apoio do programa de iniciação científica da UEPB.

Texto: Simone Bezerrill
Fotos: Jarbelle Bezerra/ Grupo de Estudos