PROAD

PROAD

Pró-Reitoria de Gestão Administrativa

Pró-reitorias da UEPB realizam prestação de contas da execução orçamentária de janeiro a maio de 2018

13 de junho de 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

As pró-reitorias de Gestão Financeira (PROFIN), Planejamento e Orçamento (PROPLAN), Gestão de Pessoas (PROGEP), Gestão Administrativa (PROAD) e de Infraestrutura (PROINFRA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) realizaram, na manhã desta quarta-feira (13), a apresentação da prestação de contas referente a execução orçamentária e financeira, bem como da folha de pagamento de pessoal dos meses de janeiro a maio de 2018.

A apresentação aconteceu no Laboratório de Rádio do Departamento de Comunicação, instalado na Central de Integração Acadêmica da UEPB, no Câmpus de Bodocongó, com transmissão ao vivo pelo Canal Rede UEPB, com a ideia objetiva de que cada setor pudesse esclarecer a sua pasta, tratando do assunto orçamentário.

Os números, disponíveis no Portal da Transparência, foram apresentados pelos representantes de cada pró-reitoria através de tabelas e gráficos que mostraram a realidade financeira da Instituição. Neles constam que a maior demanda da Universidade é com pessoal e encargos, seguido das despesas correntes e de capital.

Luciano Albino lembrou que o orçamento total aprovado pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para 2018 foi de R$ 317.819.269,00. No entanto, o que de fato é repassado pelo Governo do Estado são R$ 290 milhões. “Portanto, de forma bem objetiva, nós esperamos efetivamente R$ 317 milhões, mas nos é repassado o equivalente a R$ 290 milhões, conforme o reitor vem alertando nos últimos meses”, afirmou, acrescentando que a partir desses números é preciso ter em mente que estamos passando por uma crise que não é inventada.

“Estamos diante de um quadro financeiro que veio comprometer a curtíssimo prazo as ações de nossa Universidade. Hoje, estamos com um orçamento que equivale ao que tivemos em 2015, com inflação e tudo o que vem sendo demandado ao longo de três anos. A partir de agora, não sabemos como a UEPB vai se manter”, destacou Luciano Albino.

Conforme os dados apresentados, a despesa executada com pessoal, de janeiro a maio de 2018, foi de R$ 105.335.026,87. Já as despesas de capital totalizam, até o momento, R$ 1.671.775,18. Da fonte 270 (receita diretamente arrecadada pela UEPB), foram empenhados, nos primeiros cinco meses do ano, R$ 527.548,93 mil, enquanto da fonte 283, que corresponde aos convênios com o Governo Federal, o montante executado foi de R$ 2.026.407,98.

Todos os dados e planilhas apresentados podem ser conferidos no Portal da Transparência da UEPB, através do endereço http://transparencia.uepb.edu.br/prestacao-de-contas/. Além disso, qualquer interessado pode encaminhar suas dúvidas à PROPLAN, pessoalmente ou através do e-mail proplan@uepb.edu.br.

Texto e fotos: Giuliana Rodrigues